November 17, 2019

November 1, 2019

Please reload

Posts Recentes

Avisos

November 17, 2019

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Dom Nelson Westrupp completa 60 anos de profissão religiosa

February 3, 2019

 

Bispo emérito da Diocese de Santo André celebra neste sábado (02/02) seis décadas de vida consagrada à evangelização e de serviços prestados ao povo de Deus

“A nossa principal missão é sermos discípulos de Jesus Cristo e fiéis ao nosso carisma, testemunhas da primazia do Reino”.

 

Com essa frase, o bispo emérito diocesano Dom Nelson Westrupp relembra no Dia Mundial da Vida Consagrada, os primeiros votos de sua profissão religiosa que completam 60 anos neste 2 de fevereiro de 1959. A data marcante aconteceu na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, na cidade de Corupá, em Santa Catarina.

 

“Após o noviciado (em 1958), que é uma preparação muito profunda para a vida religiosa, emiti os primeiros votos religiosos, também chamados de conselhos evangélicos, os votos de obediência, de castidade e de pobreza”, recorda Dom Nelson, que explica cada momento da consagração.

 

“Eu entrego minha vontade através do voto de obediência. Eu entrego tudo aquilo que é material. Nada é meu. Tudo está a serviço. E também a castidade, como busca de um caminho de conversão, renunciando as coisas do mundo, e vivendo antecipadamente aquilo que será no céu, na eternidade. Portanto, a vida religiosa é baseada fundamentalmente no evangelho”, recorda o bispo, cujo chamado para a caminhada religiosa ocorreu ainda na infância.

“No dia da minha primeira comunhão, com a graça de Deus, que decidi (se tornar padre). Veio o chamamento mais forte para seguir essa vida religiosa sacerdotal. Depois fui para o seminário (com apenas 11 anos) dos padres da Congregação do Sagrado Coração de Jesus. Me senti atraído pelo carisma dessa congregação”, salienta, ao dizer que padre Léon Dehon, fundador da congregação, espera que os seus religiosos sejam ‘profetas do amor e ministros da reconciliação’.

 

Comunhão com Jesus

“É uma data que ele (Dom Nelson) traz no coração com muito carinho, com muita reverência, porque Dom Nelson é religioso da Congregação dos padres dehonianos (ordem religiosa dos sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus, fundada em 1878, na França). Ele quer celebrar essa data em comunhão com o Sagrado Coração de Jesus, por meio de muita unidade com a congregação dele”, comenta Irmã Maurinea Santos, secretária de Dom Nelson durante 11 anos e meio na Diocese de Santo André.

Com o lema episcopal “Sem mim, nada podeis”, Dom Nelson foi bispo da Diocese de Santo André durante 11 anos e meio (assumiu em 29 de novembro de 2003 e permaneceu até julho de 2015), sendo sucedido pelo até então bispo de Amparo, Dom Pedro Carlos Cipollini.

 

Biografia

Vivenciando a vida religiosa desde a infância, José Nelson Westrupp nasceu em Imaruí, no estado de Santa Catarina. No próximo dia 11 de setembro de 2019 completará 80 anos. Ele é filho de Apolonio Westrupp e de Leonila Berkenbrock, a prima irmã da Beata Albertina Berkenbrock, que se tornou mártir na mesma cidade, ao morrer com apenas 12 anos (1919-1931).

 

Realizou a profissão religiosa no dia 2 de fevereiro de 1959. Antes, com apenas 11 anos, ingressou no seminário da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus, em 1951. Foi ordenado padre aos 24 anos, em Brusque (SC).

 

Atuou como bispo da Diocese de São José dos Campos entre os anos de 1991 e 2003. Sucedeu Dom Décio Pereira, que faleceu em 2003, como 4º bispo da Diocese de Santo André. Se tornou presidente do Regional Sul 1 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

 

Permaneceu na região até julho de 2015. Dom Nelson ainda ocupou o cargo de administrador apostólico da Diocese de Lages, durante o ano de 2017, antes de retornar para o Grande ABC, como bispo emérito, no primeiro semestre de 2018.

 

Reportagem e fotos: Fábio Sales

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo